Sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2011

(28) O SONETO QUE SE APAIXONOU POR UMA GUITARRA PORTUGUESA

Nasceu-me, hoje, um soneto descuidado,

Fazendo ouvidos moucos à razão,

E todos vão dizer que veio em vão

Pois jamais gostará do nosso Fado…

 

Mas o que aconteceu foi que, o estouvado,

Não sabendo fingir, nem dizer “não”,

Mal ouve os mil acordes da canção

Corre a abraçar-se a ela, alvoroçado…

 

Coitado do soneto… apaixonou-se

Por um fado qualquer que então passava

Nos lábios de um fadista, nas vielas,

 

E nem sabe dizer quem foi que o trouxe,

Que guitarra, trinando, assim chamava,

Que estranhas vibrações foram aquelas…

 

 

Maria João Brito de Sousa – 21.01.2011 – 19.01h

publicado por poesiaemrede às 00:30
link | comentar | favorito
1 comentário:
De Luís Rola a 19 de Maio de 2011 às 11:51
Parabéns por este bonito poema. A ligação entre o soneto e a guitarra está muito bem feita ao longo de todo o poema e a qualidade dos versos que nos prendem às palavras ditas está muito bem construído. Parabéns pela vitória :)


Comentar post

.Poemas a Concurso

. Publicação Final

. (88) Adequação

. (87) “Melro Madrugador”

. (86) Gaiola Vazia

. (85) Subo as escadas lá f...

. (84) Preto no Branco

. (83) Prefiro não saber

. (82) Partiste caravela

. (81) A poesia

. (80) Existo para ti

. (79) As mulheres da minha...

. (78) «Ímpio Caleidoscópio...

. (77) Um dia, quando...

. (76) Caminhos de Luz

. (75) Finis Patriae

. (74) Nó górdio

. (73) Escreve-me

. (72) Pequenos Nadas

. (71) Saudades de ti

. (70) Mistério

. (69) MORFOLOGIAS II – NOI...

. (68) ÂNSIA

. (67) Tudo

. (66) A PALAVRA

. (65) Nós e o Mundo

. (64) Regaços Infinitos

. (63) Teus Olhos

. (62) Sádico

. (61) Deusa

. (60) Decifrar o Céu

. (59) asas bravias

. (58) Domingo

. (57) Haja Amor..

. (56) Intimidade...

. (55) Meus Olhos

. (54) De novo por cá

. (53) Sorri

. (52) Quando o meu corpo g...

. (51) “Se me pedisses”

. (50) "Acabaram-se as pala...

. (49) O Poeta do Poema.

. (48) HORIZONTE NU

. (47) Pode Amar é de Graça

. (46) LEMBRANÇA DE DELETAR

. (45) O Enigma da Vida

. (44) BRINCANDO COM O PORT...

. (43) Eterna busca

. (42) OLHOS RESGUARDADOS

. (41) Sonho invisual

. (40) Sopro do Horizonte

.pesquisar

 

.Poesia em Rede

.Mais Poemas a Concurso

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010